Ponte empata com Grêmio e fica perto da série B


Empate de 1 a 1 com o Grêmio e resultados da rodada ajudam a segurar a Macaca na Série A


24/11/2013 - 19h19 | Fábio Trindade
fabio.silveira@rac.com.br


Foto: Carlos Sousa Ramos//AAN
Disputa de bola no jogo entre Ponte e Grêmio
Disputa de bola no jogo entre Ponte e Grêmio
A Ponte Preta precisava vencer o Grêmio, mas, depois de começar bem e abrir o placar com Adailton, deixou o Tricolor empatar com Vargas e garantiu apenas um ponto, chegando aos 36. Com o resultado, a Macaca só não foi rebaixada na rodada deste domingo (24) porque seus concorrentes diretos também não venceram. Para escapar da degola, a Ponte precisa ganhar seus dois últimos jogos — contra a Lusa, em casa, dia 1º, e Internacional, dia 8, no Sul — e torcer para que os demais times que lutam contra a queda percam. Algo que até mesmo o elenco não acredita ser possível.
O primeiro tempo começou truncado. As equipes tiveram dificuldades para trabalhar jogadas, com muitos erros de passes. Tanto que não houve nenhum lance de perigo nos dez minutos iniciais. O primeiro veio de bola parada, aos 11’, quando Bressan derrubou William quase na entrada da área e levou cartão amarelo. Na cobrança, Adrianinho bateu forte, mas viu a bola sair por cima do gol.

Três minutos depois, Edson Bastos fez uma brilhante defesa. Alex Telles entrou com velocidade pela esquerda e cruzou para Kleber, mas o goleiro se esticou para evitar gol. No contra-ataque, Adrianinho passou bem para Adailton, que entrou pelo lado esquerdo e bateu uma bomba no canto, sem chances para Dida. Aos 15’, o atacante pôde comemorar a bela jogada.

Por pouco, o Grêmio não deixou tudo igual. Aos 24’, depois de um bate e rebate na área, Vargas pegou sobra da zaga, bateu colocado e acertou em cheio a trave de Edson Bastos. Essa foi só a primeira boa chance do Tricolor, que deu sufoco no time da casa. Aos 33’, depois de cruzamento da direita, Kleber recebeu na esquerda e levantou na área para Vargas, que acabou cabeceando por cima do goleiro. Aos 39’, Zé Roberto ainda mandou para Barcos que, pela esquerda, já na grande área, pegou mal e chutou para fora.

Os times voltaram para a segunda parte da partida sem alterações. Depois de ter sido tecnicamente melhor nos primeiros 45’, a Macaca foi acuada pelo Grêmio. E, já aos 8’, o Tricolor mostrou sua força. Num belo cruzamento de Zé Roberto, Vargas só precisou dar um toque leve de cabeça. A bola teve um pequeno desvio na zaga, enganando o goleiro. Tudo igual no Majestoso.

Com o resultado, Jorginho colocou Rafael Ratão no lugar de Alef e Adrianinho deu lugar para Elias. Mas de pouco adiantou. O primeiro lance de perigo da Ponte veio aos 29’. Chiquinho, que entrou no lugar de William, fez uma boa cabeceada, que bateu nos zagueiros e parou no Dida.
A Ponte teve tudo para ficar na frente aos 37’. Elias bateu escanteio na área, Fellipe Bastos escorou, deixando Ratão na cara do gol e sem goleiro. Desajeitado, ele conseguiu bater para fora. Aos 47’, Edson Bastos segurou o empate em uma bela defesa no cabeceio de Bressan após escanteio.


Comente
Nome:      E-mail:  
Cidade:      Profissão:  
Informe o resultado do cálculo abaixo:
 
   Não divulgar meu email
Comentário:
Quantidade de toques disponíveis: 500




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 10º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
NOME:
SOBRENOME:
E-MAIL:
SENHA:
REPETIR SENHA:
Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular

cadastre-se e continue lendo