RUBENS MORELLI

Mais um gol contra


24/10/2014 - 14h00 - Atualizado em 23/10/2014 - 22h37 | Rubens Morelli
rubens.morelli@rac.com.br

A Seleção Brasileira foi convocada só com os chamados jogadores estrangeiros e tem gente por aqui achando ótima a decisão do técnico Dunga e do presidente da CBF José Maria Marin. A considerar os últimos amistosos, em que os jogadores que atuam no Brasil viajaram junto com a equipe apenas para compor o elenco e pouco encostaram na bola, é esperado que os críticos de sempre concordem agora com essa atitude da CBF. Mas o que pouca gente percebe é que isso é uma derrota para o futebol brasileiro.
 
Antigamente, era um orgulho ceder um atleta para a Seleção. Os cartolas dos clubes enchiam a boca para falar de seus jogadores representando o Brasil mundo afora.
 
Hoje, eles preferem que se convoque apenas os estrangeiros. Pior que isso são os jornalistas/torcedores comemorarem o fato de que o Campeonato Brasileiro, em suas últimas rodadas, não será prejudicado pelo escrete canarinho uma vez mais, sob a desculpa de que quem paga os salários são os clubes.
 
E é de se admirar que esses mesmos jornalistas tenham criticado tanto jogadores da NBA que, num passado recente, seguiram a orientação de suas franquias para não defender a Seleção Brasileira de basquete, que não oferecia seguro na época, criticando até o patriotismo de cada um.
 
Enfim, outros tempos, outros esportes. Dessa vez, não foram os jogadores que pediram dispensa, e sim os clubes. Mas é realmente isso o que queremos para a Seleção? O técnico não deveria convocar sempre os melhores de cada posição?
 
O que precisa mudar não é a origem dos atletas que vão compor o elenco, mas a data-Fifa, que deve e merece ser respeitada, sem rodada de nenhum campeonato. A entidade máxima do futebol mundial, aliás, determina o calendário com suas datas preferenciais meses e até anos antes, tudo para que haja a organização necessária de todas as competências.
 
Mas aqui reina a incompetência, a ponto de continuar com o campeonato, mesmo com os desfalques provocados pelas seleções. E olha que nem precisa de data-Fifa pra desfalcar as equipes, haja vista a quantidade de vezes que o STJD interfere nos campeonatos com suas decisões estapafúrdias. A última, por exemplo, permitindo negociação para que o jogador suspenso cumpra a pena conforme convém ao clube bom de lábia.
 
O futebol brasileiro precisa de uma reformulação urgente para não acabar de vez com a credibilidade que já está em cacos. Mas enquanto houver brecha para aberrações dos dirigentes, continuaremos tomando gols infinitamente. E nem precisa ser da Alemanha. Já estamos marcando gols contra faz tempo.






Pos Time PG
1 Cruzeiro 64
2 São Paulo 59
3 Internacional 56
4 Fluminense 54
CLASSIFICAÇÃO COMPLETA
cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular