CORRUPÇÃO

Beckenbauer cobra transparência em investigação

Ex-jogador pede publicação de texto sobre irregularidades nas escolhas das sedes de 2018 e de 2022

07/10/2014 - 11h11 - Atualizado em 07/10/2014 - 11h12 | Agência Estado
faleconosco@rac.com.br


Franz Beckenbauer pediu nesta terça-feira que o relatório sobre a investigação sobre supostos casos de corrupção no processo de escolha das sedes da Copa do Mundo de 2018 e de 2022 seja publicado, além de garantir que não recebeu suborno antes da votação. O ex-jogador alemão deixou o Comitê Executivo da Fifa apenas alguns meses depois das escolhas de Rússia e Catar como sede dos torneios de 2018 e de 2022, em votação realizada em dezembro de 2010.

Beckenbauer continua ativo na Fifa, mas chegou a ser suspenso em junho pelo comitê de ética de toda atividade relacionada ao futebol por não cooperar com a investigação de corrupção do promotor Michael Garcia. A suspensão foi cancelada após ele se comprometer a responder às perguntas que lhe fossem feitas.

Beckenbauer, que venceu a Copa do Mundo como jogador e treinador com a Alemanha Ocidental, se recusou a revelar em quem ele votou mas garante que não recebeu qualquer incentivo financeiro ou suborno.

"Ninguém me ofereceu nada, a fim de influenciar o meu voto. Não. Isso não aconteceu", disse Beckenbauer, em Londres, nesta terça-feira. "Quanto ao voto, não posso dizer nada porque era uma votação secreta e eu tenho que respeitar este acordo feito na época".

Beckenbauer disse que não consegue entender por que o presidente da Fifa, Joseph Blatter, deseja que o relatório do Garcia permaneça em segredo, se negando a aceitar os pedidos para que seja publicado.

"Pessoalmente não há nada a esconder", disse Beckenbauer, que é assessor especial do Comitê de Futebol da Fifa. "Se você não tem nada a esconder, você pode publicar e divulgar o seu conteúdo".

Beckenbauer também questionou a escolha do Catar como sede da Copa do Mundo de 2022 em razão do forte calor do verão do país, o que, inclusive, tem levado a Fifa a estudar uma mudança de data.

"Fiquei surpreso que o Catar ganhou", disse Beckenbauer. "No verão não é possível jogar futebol lá, apesar do fato de o Catar ter desenvolvido um sistema de resfriamento dos estádios a fim de criar temperaturas mais confortáveis. Tecnicamente é possível mas é necessário? Isso desperdiça muito energia, a minha sugestão seria jogar no inverno".






Pos Time PG
1 Cruzeiro 56
2 Internacional 47
3 São Paulo 46
4 Atlético-MG 43
CLASSIFICAÇÃO COMPLETA
cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular