Ferrari demite Mattiacci e anuncia novo chefe


Decisão foi anunciada pelo presidente Sergio Marchionne, ele mesmo uma novidade do time nesta temporada


24/11/2014 - 13h00 - Atualizado em 24/11/2014 - 13h00 | Agência Estado
correiopontocom@rac.com.br



Foto: France Press
Fernando Alonso deve trocar a Ferrari pela McLaren
Fernando Alonso deve trocar a Ferrari pela McLaren
Em mais uma grande mudança na Ferrari neste ano, a escuderia italiana anunciou nesta segunda-feira a chegada do executivo Maurizio Arrivabene para substituir o atual chefe de equipe Marco Mattiacci. Trata-se da segunda alteração no comando do time em apenas sete meses. Mattiacci ocupava o lugar de Stefano Domenicali desde abril deste ano.

A decisão foi anunciada pelo presidente Sergio Marchionne, ele mesmo uma novidade do time nesta temporada. Diretor executivo da Fiat-Chrysler, que é dona da Ferrari, ele assumiu o comando da equipe no lugar de Luca di Montezemolo, em setembro, em um processo de renovação que custou anteriormente o emprego de Domenicali.

A troca no comando da equipe acontece menos de 24 horas do fim da temporada 2014 da Fórmula 1. Ao ficar longe do pódio no GP de Abu Dabi, a Ferrari encerrou o ano sem vitórias, o que não acontecia desde 1993. Por consequência, ficou apenas em quarto lugar no Mundial de Construtores, o que deve afetar o orçamento da equipe para 2015.

Mattiacci, que foi presidente da Ferrari na América do Norte, havia assumido a chefia da equipe em abril com a missão de fazer a Ferrari reagir na temporada. Mas teve dificuldades de adaptação e não convenceu os dirigentes na busca por melhores resultados. Para piorar, não estabeleceu boa relação com Alonso, que acabou deixando a equipe após cinco anos.

Para seu lugar, o presidente da Ferrari, Sergio Marchionne, anunciou Maurizio Arrivabene, ex-executivo da Philip Morris. Arrivabene não é um estranho no ninho porque manteve contato direto com a Ferrari na época em que a empresa de tabaco patrocinava os italianos, até 2011. Ele também foi o representante dos patrocinadores na comissão da F1 a partir de 2010.

"Precisávamos de uma pessoa que estivesse por dentro não apenas da Ferrari mas também de todos os mecanismos de governança e requisitos do esporte", justificou Sergio Marchionne. Maurizio tem uma riqueza única de conhecimento. Ele foi extremamente próximo da equipe por anos e, como membro da comissão da F1, está ciente dos desafios que terá pela frente", afirmou o presidente da Ferrari.

Com esta decisão, a Ferrari terá ao menos duas grandes novidades para a próxima temporada. Além do novo chefe de equipe, a escuderia terá no alemão Sebastian Vettel, ex-Red Bull, sua principal referência na pista. Ele substituiu Alonso para formar dupla com o finlandês Kimi Raikkonen.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular