McLaren testará motor Honda nos testes de Abu Dabi


Caberá ao jovem belga Stoffel Vandoorne, a missão de pilotar o carro que retomará sua parceria com a fornecedora japonesa


24/11/2014 - 17h17 - Atualizado em 24/11/2014 - 17h18 | Agência Estado
correiopontocom@rac.com.br



Foto: Divulgação
Será o primeiro teste oficial da McLaren com o motor Honda
Será o primeiro teste oficial da McLaren com o motor Honda
A McLaren confirmou nesta segunda-feira que vai testar o motor Honda nos testes de Abu Dabi nesta terça (25) e quarta, no Circuito de Yas Marina. Caberá ao jovem belga Stoffel Vandoorne, de 22 anos, a missão de pilotar o carro da equipe que retomará sua parceria com a fornecedora japonesa a partir de 2015.

Será o primeiro teste oficial da McLaren com o motor Honda. A equipe chegou a utilizar uma unidade da fornecedora em um dia de filmagens em Silverstone, na Inglaterra. O evento, contudo, teve pouca importância em termos práticos porque a McLaren só pôde utilizar pneus de demonstração e tinha limite de percurso de 100 quilômetros.

"Na terça e na quarta, aqui em Abu Dabi, testaremos nosso híbrido McLaren-Honda pela primeira vez", afirmou o chefe de equipe, Eric Boullier. "É um momento empolgante tanto para a McLaren quanto para a Honda. À frente de nós estão ainda muitas semanas de trabalho duro, mas você pode ter certeza de que daremos conta da tarefa."

O teste em Abu Dabi só foi confirmado nesta segunda porque a parceria ainda tinha dúvidas sobre a viabilidade do teste. Ainda em desenvolvimento, o motor só apresentou recentemente condições de ser avaliado na pista. McLaren e Honda vivem a expectativa de repetir em 2015 o sucesso da parceria entre os anos de 1988 e 1992, quando faturaram quatro títulos do Mundial de Pilotos e outros quatro de Construtores, com Ayrton Senna e Alain Prost.

Além de Stoffel Vandoorne, vice-campeão da GP2 deste ano, as equipes contarão com outros novatos na pista de Yas Marina. A campeã Mercedes vai escalar o vice-campeão Nico Rosberg e Pascal Wehrlein, também da Alemanha. Pela Red Bull, entrarão no traçado o australiano Daniel Ricciardo, terceiro colocado no Mundial de Pilotos, e o espanhol Carlos Sainz Jr.

A Ferrari será representada pelo finlandês Kimi Raikkonen e pelo italiano Raffaele Marciello, enquanto a Williams terá o finlandês Valtteri Bottas e o brasileiro Felipe Nasr, que fará sua despedida da equipe. Em 2015, ele defenderá a Sauber, a ser representada pelo sueco Marcus Ericsson em Abu Dabi.

A Lotus vai mandar para a pista os franceses Esteban Ocon e Charles Pic. A Force India terá inglês Jolyon Palmer e pelo australiano Spike Goddard. O jovem holandês Max Verstappen, de 17 anos, vai representar a Toro Rosso, e a Caterham terá o inglês Will Stevens, que estreou na F1 na corrida de domingo.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular