Federer bate Gasquet e Suíça fatura título


Sem muitos erros no backhand, mostrou que não estava sentido dores nas costas e mostrou o que sabe


23/11/2014 - 13h48 - Atualizado em 23/11/2014 - 13h49 | Da France Press
correiopontocom@rac.com.br



Foto: AFP
Federer fez um jogo praticamente perfeito contra Gasquet
Federer fez um jogo praticamente perfeito contra Gasquet
Pela primeira vez na história, a Suíça é campeã da Copa Davis. Neste domingo (23), mostrando mais uma vez o seu poder de superação, Roger Federer entrou em quadra e não deu qualquer chance para Richard Gasquet, ganhando facilmente por 3 sets a 0 - com parciais de 6/4, 6/2 e 6/2, em 1 hora e 53 minutos - e fazendo o terceiro e decisivo ponto para os suíços e fechando em 3 a 1 o confronto contra a França, no estádio Pierre Mauroy, em Lille, que recebeu 27.448 torcedores, superando os 27.432 registrados na última sexta-feira.

Mesmo com dores nas costas, que o obrigaram a desistir de jogar a final do ATP Finals, no último domingo, em Londres, contra o sérvio Novak Djokovic, Federer resolveu jogar nos três dias do duelo contra os franceses. Na sexta, perdeu por 3 sets a 0 para Gael Monfils. Quando ninguém esperava, se uniu a Stan Wawrinka para jogar duplas e os dois melhores tenistas do país venceram Julien Benneteau e Richard Gasquet por 3 a 0.

Neste domingo, Federer fez um jogo praticamente perfeito contra Gasquet, que substituiu o lesionado Jo-Wilfried Tsonga. Sem muitos erros no backhand, o suíço mostrou que não estava sentido as dores nas costas e pode mostrar o que sabe. No primeiro set, logo de cara conseguiu uma quebra de saque e confirmou seus serviços sem problemas para ganhar por 6/4. Na segunda parcial, mais uma quebra no início para desestabilizar o rival. Sem qualquer esforço, 6/2 e 2 a 0 no placar.

No terceiro set, Federer seguiu dominando Gasquet, que não encontrava maneiras de fazer o suíço errar. Nervoso, o francês teve seu saque quebrado no quinto e sétimo games. Com o placar em 5 a 2, Federer foi para o saque para fazer história e não decepcionou. Em 15 confrontos contra Gasquet, o suíço tem ampla vantagem com 13 vitórias.

Com o título da Copa Davis, Federer se iguala a outros dois tenistas - o norte-americano Andre Agassi e o espanhol Rafael Nadal - como os únicos do mundo a ganhar os quatro Grand Slams (Aberto da Austrália, Roland Garros, Wimbledon e US Open), a Davis e a medalha de ouro olímpica (o suíço venceu em duplas em Pequim, na China, em 2008).

Para a Suíça, o título veio em sua segunda tentativa em uma final. Em 1992, o país perdeu para os Estados Unidos por 3 a 1. Na campanha desta temporada, os suíços passaram, pela ordem, pela Sérvia (3 a 2), Casaquistão (3 a 2), Itália (3 a 2) e França.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular