Red Bull faz aniversário com presente de primeira


Time de Campinas completa 7 anos no dia 19 e presença no Paulistão de 2015 é seu melhor presente


05/11/2014 - 14h22 - Atualizado em 05/11/2014 - 14h22 | Renata Rondini
renata.pioli@rac.com.br



Foto: Dominique Torquato/AAN
Em seu primeiro ano de trabalho no Red Bull, o diretor esportivo Thiago Scuro conquistou o acesso para a Série A1 do Campeonato Paulista
Em seu primeiro ano de trabalho no Red Bull, o diretor esportivo Thiago Scuro conquistou o acesso para a Série A1 do Campeonato Paulista
No próximo dia 19, o Red Bull Brasil completa sete anos de existência, mas a grande comemoração virá no início de 2015 com a primeira participação na Série A1 do Campeonato Paulista. Depois de bater na trave em três oportunidades, o Toro Loko garantiu seu acesso à elite do futebol estadual no primeiro semestre deste ano. Um salto importante na história do clube, mas apenas mais um passo para alcançar a meta de chegar à principal divisão do Campeonato Brasileiro.

“A estreia no Paulistão é o início de uma história muito longa para levar o Red Bull às principais divisões do futebol brasileiro. E para começar vamos brigar pelas duas vagas na Série D do Campeonato Brasileiro neste Paulistão”, comentou o diretor esportivo Thiago Scuro em entrevista exclusiva ao Correio Popular na manhã desta quarta-feira. O Toro Loko está no Grupo 1 do Paulistão, ao lado de São Paulo, São Bernardo, Mogi Mirim e Ituano. Na primeira fase, as equipes jogam apenas contra os times dos outros grupos. Os dois primeiros de cada se classificam para as quartas de final. 

No próximo dia 12, nove atletas que já estavam no clube se reapresentam ao técnico Maurício Barbieri no Centro de Treinamento, em Jarinu. São eles os goleiros Juninho e Kevin, o lateral Romário, os zagueiros Fabiano Eller e Anderson Marques, os meias Marcelo e Andrade e os atacantes Raul e Wilson Júnior. No dia 1º de dezembro começa oficialmente a pré-temporada do time e os reforços serão anunciados. Mas a cereja do bolo deve pintar mesmo lá pelo dia 15, um indício de que o clube negocia com atletas de Série A de Brasileirão.

“Alguns atletas de Série C contratados já devem estar com o grupo no dia 1º, até porque algumas equipes já estão desclassificadas. Mas tem jogador que realmente vai definir seu futuro ao fim de temporada e por isso só vamos anunciar alguns nomes em dezembro”, ponderou Thiago Scuro, que está há um ano na gestão do futebol do clube.

Depois de ter garantido o acesso no primeiro semestre deste ano, o Toro Loko sentiu o gosto da frustração na Copa Paulista, quando foi eliminado na segunda fase e não cumpriu a meta de garantir uma vaga na Copa do Brasil. “Foi uma decepção porque poderíamos ter fechado 2014 com 100% de realização dos nossos objetivos. Sabemos que por alguns aspectos tivemos este desfecho e vamos corrigi-los para o próximo ano. Mas há um lado positivo também que foi um tempo maior para planejar e montar o time para a estreia no Paulistão.”

Dividindo a casa
Na campanha do acesso na Série A2, o Red Bull Brasil mandou seus jogos no Estádio Moisés Lucarelli e assim permanecerá. A Ponte Preta está no Grupo 2 e portanto as equipes irão se cruzar logo na primeira fase. E quem usará a estrutura como mandante no dia do confronto direto? Scuro garante que não tem discussão: os donos da casa terão as honras.

“Até por questões operacionais, independentemente de quem for o mandante, o estádio é da Ponte Preta e o time vai se comportar como o mandante, será o dono do estádio como sempre foi”, garantiu o diretor esportivo. Os clubes fecharam um acordo de três anos e o Red Bull prepara muitas mudanças e diversas ações de marketing em seus jogos no Majestoso.

“O estádio compartilhado nitidamente beneficia todas as partes. A Ponte terá um parceiro que gera receita e atividades em seu estádio, e nós vamos ter à disposição um estádio do nível do Moisés Lucarelli, com qualidade de gramado, vestiário, enfim uma excelente estrutura. E Campinas ganha muito com isso com a realização de mais jogos, mais vezes clubes grandes de São Paulo atuando na cidade.”

O Red Bull Brasil ainda cativa os torcedores e cada vez mais quer que suas partidas sejam um evento familiar. “O público virtual já consome o Red Bull e agora queremos que o público da região aproveite estes eventos, mas sabemos que só vamos potencializar esta relação com o público com uma boa performance dentro de campo”, afirmou Scuro. A página oficial do Red Bull Brasil na internet tem mais de 210 mil seguidores.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular