Tite será apresentado nesta terça no Timão


O treinador assinou contrato por três anos, com salários de aproximadamente R$ 500 mil mensais


16/12/2014 - 09h59 - Atualizado em 16/12/2014 - 17h33 | Agência Estado
faleconosco@rac.com.br



Foto: Agência Corinthians
Durante parte da atividade, Tite escalou Emerson Sheik, Paolo Guerrero e Alexandre Pato juntos
Tite retorna ao Corinthians após um ano de "férias" do futebol nacional
O técnico Tite está de volta ao Corinthians um ano depois de ser "trocado" por Mano Menezes. A confirmação da contratação aconteceu na noite desta segunda-feira (15), após reunião longa no Parque São Jorge. A apresentação ocorrerá nesta terça-feira (16), dia em que o clube comemora dois anos da conquista do título mundial no Japão, e está marcada para as 12h no CT corintiano.

O treinador assinou contrato por três anos, com salários de aproximadamente R$ 500 mil e sua primeira missão é evitar que o clube naufrague na fase preliminar da Copa Libertadores. Depois do fracasso de 2011 diante do Tolima, novamente ele terá um colombiano pela frente: Independiente Santa Fé ou Once Caldas.

Tite também tinha convite para dirigir o Internacional, mas optou por voltar para o Corinthians a fim de apagar a má impressão deixada na despedida, quando fechou o Campeonato Brasileiro de 2013 com apenas 50 pontos. O técnico está com gana de conquistas. Assim como o clube, que passou em branco em 2014. "Nosso torcedor se acostumou às conquistas. Foram títulos em 2011, 2012, 2013 e agora eles não vieram. É um vício ruim pois o futebol é muito equilibrado", afirmou o diretor de futebol Ronaldo Ximenes.

Os dirigentes apostam muito em Tite para o Corinthians fazer bonito novamente e apagar a fama de time retranqueiro que ganhou com Mano Menezes, apesar do quarto lugar no último Brasileirão. Cair na primeira fase do Campeonato Paulista e com goleada na Copa do Brasil, aplicada pelo Atlético Mineiro nas quartas de final, deixaram os diretores corintianos extremamente decepcionados com Mano, que ainda saiu acusando "traíras" dentro do clube.

Tite volta com aval da oposição e principalmente por causa da grande amizade com Roberto de Andrade, candidato favorito à presidência e que foi voto vencido por sua manutenção no fim de 2013.

Esta será a terceira passagem de Tite pelo Corinthians. A primeira foi entre maio de 2004 a fevereiro de 2005, enquanto a segunda, de grande sucesso, aconteceu entre outubro de 2010 a dezembro de 2013, com o time sendo campeão brasileiro em 2011, da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012 e da Recopa Sul-Americana em 2013. No total, ele comandou o time em 272 jogos, com 131 vitórias, 85 empates e 56 derrotas.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular