Preto Costa vê a idade como um fator positivo


Aos 34 anos, o zagueiro garante estar em totais condições de ajudar o Bugre a alcançar os objetivos em 2015


05/12/2014 - 21h44 - Atualizado em 05/12/2014 - 21h52 | Carlos Rodrigues
carlos.rodrigues@rac.com.br



Foto: Dominique Torquato/AAN
Preto Costa promete empenho para ajudar o Bugre nos objetivos
Preto Costa promete empenho para ajudar o Bugre nos objetivos
Ser um zagueiro prestes a completar 34 anos traz interpretações diferentes para o mesmo fato. Para alguns, a idade pesa e o pique não é o mesmo para acompanhar o ritmo do futebol e a correria de atacantes velozes. Para outros, a experiência ajuda no posicionamento e a encontrar determinados atalhos no campo. Apresentado nesta sexta-feira (5) como reforço do Guarani para a próxima temporada, Preto Costa prefere ficar com a segunda opção. Homem de confiança do técnico Marcelo Veiga, ele garante estar em totais condições de ajudar o Bugre a alcançar os objetivos no ano que vem.
 
A receita do defensor para não perder o rendimento com o passar dos anos é a responsabilidade com a carreira. Usando exemplos de atletas que já são mais velhos, ele garante ser possível continuar atuando em alto nível. “Não creio que esse negócio de idade atrapalhe não. É só o jogador se cuidar bem, não à toa você vê o Rogério Ceni jogando, o Zé Roberto, Paulo Baier. E todos bem”, afirma. “O cara que se cuida e leva a sério a carreira, enquanto tiver espaço, vai poder dar seu melhor. E comigo não é diferente. Confio em mim e sei o que posso fazer dentro de campo”, completa.
 
A experiência também lhe trouxe outras lições, que ele espera poder passar aos companheiros. “Aprendi muitas coisas no futebol e espero passar pro pessoal mais novo. Espero demonstrar meu valor dentro de campo. Meu negócio aqui é só somar e dar meu melhor”, destaca Preto que forma o grupo de 'trintões' do atual elenco ao lado do goleiro Neneca, do zagueiro Thiago Gasparetto, dos volantes Cambará e Thiago Carpini e do meia Fumagalli.

PROJETO
 
A presença de Marcelo Veiga, de quem foi atleta no Bragantino e no Botafogo, certamente pesou na escolha de Preto Costa para defender o Guarani, mas ele garante que esse não é o único motivo. “Estou confiante no trabalho que será realizado em 2015 e nada melhor do que poder fazer parte desse projeto. Estou muito feliz, focado no que tenho que fazer e espero corresponder ao clube e levar alegria a essa torcida”, projeta.
 
Sem jogar desde junho, quando rescindiu contrato com o Icasa durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, o zagueiro espera aproveitar bem o período de pré-temporada para se recuperar da inatividade e estar pronto para a estreia da Série A2, marcada para 1º de fevereiro. “Temos que aproveitar esses dias para estar 100% quando começar o campeonato. Vou mostrar aqui o que já mostrei em outros clubes e dar o retorno aos que confiaram em mim.”




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular