Vitória perde para o Santos em casa e cai para Série B


Time perdeu para o Peixe por 1 a 0, neste domingo (7), na última rodada do Campeonato Brasileiro


07/12/2014 - 19h55 - Atualizado em 07/12/2014 - 19h58 | Da Agência Estado
correiopontocom@rac.com.br



Foto: Ivan Storti/SantosFC
Santos, que esperava ao menos brigar por Libertadores, termina na nona posição, com 53 pontos, bem abaixo da expectativa
Santos, que esperava ao menos brigar por Libertadores, termina na nona posição, com 53 pontos, bem abaixo da expectativa
O Vitória está de volta à Série B, após duas temporadas na elite do futebol nacional. A queda foi sacramentada neste domingo, quando o time perdeu para o Santos por 1 a 0, na última rodada do Campeonato Brasileiro, mesmo atuando em casa e empurrado pela sua torcida.
 
O empate do Palmeiras com o Atlético-PR deu esperança aos baianos, mas eles sequer conseguiram fazer a própria parte, apresentaram os mesmos erros de toda campanha e terão que lutar pelo acesso no ano que vem.

O resultado deixou o Vitória na 17.ª colocação com 38 pontos, um à frente do Bahia, que perdeu para o Coritiba fora de casa e também caiu. A queda dos rivais faz com que o estado da Bahia volte a ficar sem nenhum representante na Série A em 2015. O nordeste, aliás, terá somente o Sport na primeira divisão do ano que vem.

O que se viu no Barradão neste domingo foi um time sem vibração, que pouco incomodou o gol de Aranha. Pelo contrário, em boa parte do jogo esteve mais próximo de levar o gol. A derrota lembrou a queda de 2010, quando o Vitória também precisava apenas de um triunfo em casa na última rodada, mas ficou no 0 a 0 com o Atlético-GO e foi rebaixado.

Do lado santista, a despedida também foi retrato de uma campanha melancólica. A equipe, que esperava ao menos brigar por Libertadores, termina na nona posição, com 53 pontos, bem abaixo da expectativa. Resta saber as mudanças que serão tomadas para 2015. A primeira deve acontecer no banco de reservas, já que Enderson Moreira provavelmente deixa o clube.

O JOGO - O Santos começou muito melhor e foi para cima nos primeiros minutos. Aos três, após cruzamento de Gabriel pela esquerda e ajeitada de cabeça de Thiago Ribeiro, Leandro Damião recebeu na marca do pênalti, sozinho, mas furou de forma bizarra. Aos sete, Damião desviou de cabeça para Thiago Ribeiro, que bateu de primeira, mas em cima de Fernández.

Só então o Vitória reagiu e passou a ocupar mais o campo de ataque. Aos nove, Ayrton usou sua principal qualidade para levar perigo: o chute de longe. Aranha voou e espalmou. Os donos da casa já demonstravam mais ousadia para irem ao ataque, mas a cada contragolpe os torcedores ficavam com o coração na mão, graças à facilidade com que o Santos chegava ao campo de ataque.

O jogo era aberto. Aos 13 minutos, Marcinho recebeu pela direita a defesa foi abrindo espaço e ele chutou rente à trave. Aos 16, Damião recebeu na meia-lua, fez bem o trabalho de pivô e achou Gabriel, que invadiu a área e encheu o pé na trave direita de Fernández.

Mas as duas equipes logo diminuiriam o ritmo e apenas mais uma chance foi criada por cada lado até o intervalo. Aos 36, Thiago Ribeiro cabeceou com perigo. Já aos 41, na primeira vez que conseguiu tocar com qualidade no ataque, o Vitória quase marcou. Marcinho bateu de fora da área e Aranha espalmou.

O Vitória ficou cerca de 20 minutos no vestiário, tudo para que seu jogo terminasse depois da partida do Palmeiras e a equipe pudesse saber o que acontecia em São Paulo. Mas em campo, os baianos não faziam sua parte. Começou o segundo tempo repetindo os mesmos erros, com dificuldade na criação e sem povoar a área adversária, o que gerou as primeiras vaias nas arquibancadas.

Como na reta final do primeiro tempo, o Vitória ficava com a bola no campo de ataque, mas não conseguia criar. A entrada de Willie melhorou um pouco a equipe, mas ainda era muito pouco. Somente em chutes de longe os baianos ameaçavam. Foi assim que José Welison e Edno tentaram, mas pararam em Aranha.

O Vitória se mostrava desgastado, sem esperança, mas ainda assim exercia uma certa pressão. Não saia do campo de ataque e só não chegava com mais perigo por pura falta de criatividade. Edno, então, tentou resolver de longe mais uma vez e quase marcou aos 33. Só que no contra-ataque, Thiago Ribeiro achou Leandro Damião que arrancou sozinho e bateu em cima de Fernández.

Os últimos minutos no Barradão foram dramáticos. O Vitória tentava no desespero, mas parecia esgotado e seguia sem sequer incomodar Aranha. Até que aos 49, o Santos decretou a queda. Leandro Damião encontrou Caju, que rolou para Thiago Ribeiro fuzilar para a rede. O apito final trouxe o choro dos torcedores e dos jogadores, fruto de um rebaixamento anunciado há muito tempo.

FICHA TÉCNICA

VITÓRIA 0 X 1 SANTOS

VITÓRIA - Roberto Fernández; Ayrton, Ednei, Kadu e Richarlyson; José Welison, Neto Coruja, Cáceres (Willie) e Marcinho (Juan); Edno e Vinícius (Beltrán). Técnico: Ney Franco.

SANTOS - Aranha; Daniel Guedes (Serginho), Neto, David Braz e Caju; Alison, Renato (Alan Santos) e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Gabriel (Cicinho) e Leandro Damião. Técnico: Enderson Moreira.

GOL - Thiago Ribeiro, aos 49 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS - Alison, Cicinho, Aranha (Santos).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Barradão, em Salvador (BA).




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular