Grupo da morte pode fazer SP investir mais


Não é de hoje que o técnico diz que o grupo atual do tricolor não teria condições de chegar ao título


05/12/2014 - 11h41 - Atualizado em 05/12/2014 - 11h45 | Agência Estado
faleconosco@rac.com.br



Foto: Cedoc/RAC
Muricy preferiu se esquivar e não quis entrar em discussão
Muricy Ramalho já havia avisado que o atual elenco não é forte o suficiente para lutar por título da Libertadores
O complicado grupo do São Paulo na próxima edição da Copa Libertadores pode dar ao técnico Muricy Ramalho o argumento que faltava para convencer a diretoria a investir pesado na contratação de reforços. Sob o risco de uma eliminação já na primeira fase, os dirigentes se veem pressionados a melhorar o elenco para a temporada de 2015.

Não é de hoje que o técnico diz que o grupo atual do São Paulo não teria condições de chegar ao título da Libertadores. A situação fica ainda mais grave com a saída do meia Kaká, que vai para o Orlando City, dos Estados Unidos, em janeiro. Ele deixará o meio-de-campo são-paulino com apenas o jovem Boschilia como opção a Paulo Henrique Ganso e Michel Bastos para a função de armador.

Por enquanto, o São Paulo demonstra tranquilidade para a temporada de contratações, mas a chave que o coloca diante do atual campeão da Libertadores, o argentino San Lorenzo, além do uruguaio Danubio e de um rival local (Corinthians ou Inter, dependendo da colocação no Brasileirão), já liga o sinal amarelo no Morumbi. "É um grupo que gostamos, competitivo, mas é claro que os pedidos por contratações aumentarão", disse um dirigente do clube, que pediu para não ser identificado.

Na busca por reforços, a diretoria são-paulina ainda pensa em nomes para compor o elenco e não enxerga a necessidade de medalhões que cheguem para ser titular. O advento do "grupo da morte" na Libertadores, no entanto, pode fazer o jogo virar a favor de Muricy, que pede jogadores mais qualificados.

O treinador espera pelo menos um lateral-direito, um zagueiro, um meia e um atacante de velocidade para fechar o grupo. Por enquanto, os dirigentes formatam a lista de possíveis alvos para então, começar as sondagens de mercado.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular