Palmeiras perde 2º jogo seguido no Allianz Parque


O Verdão foi derrotado pelo Corinthians por 1 a 0 e segue em 3º lugar no Grupo 3 do Paulistão


08/02/2015 - 22h24 - Atualizado em 08/02/2015 - 22h25 | Agência Estado
faleconosco@rac.com.br



Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação
Palmeiras e Corinthians fizeram um clássico disputado no Allianz Parque na tarde deste domingo (8)
Palmeiras e Corinthians fizeram um clássico disputado no Allianz Parque na tarde deste domingo (8)
Em um jogo em que teve um pouco de tudo, Palmeiras e Corinthians protagonizaram neste domingo (8) um clássico no Allianz Parque equilibrado. Uma falha da defesa alviverde fez com que o primeiro clássico realizado no repaginado Palestra Itália tivesse a vitória do time alvinegro por 1 a 0, para frustração dos pouco mais de 27 mil palmeirenses presentes.

Antes da bola rolar, uma confusão entre palmeirenses e a Polícia Militar no lado de fora do estádio quase tirou o brilho do espetáculo. Os bandidos travestidos de torcedores e toda confusão nos últimos dias feita por dirigentes para fazer o jogo com torcida única não foram suficientes para evitar que o primeiro clássico na nova casa alviverde fosse bastante disputado, com emoção e chances de gol para os dois lados.

No Palmeiras, o técnico Oswaldo de Oliveira surpreendeu e deixou Alan Patrick e Dudu no banco de reservas, para frustração dos torcedores que esperavam ver o serelepe atacante deitar e rolar no time onde quase foi jogar. Maikon Leite foi escalado e mais uma vez deixou o torcedor de cabelo em pé.

O técnico Tite poupou cinco titulares: Fagner, Felipe, Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik, já que nesta quarta-feira (11) enfrenta novamente o Once Caldas, na Colômbia. Quando a bola começou a rolar, a impressão é que o Corinthians estava completo e em sua casa.

De um lado, o time alvinegro tocava a bola com velocidade e em cima das falhas de posicionamento do adversário. Do outro lado, palmeirenses, desorganizados, viam o cruzamento para a área como grande e única jogada para surpreender o rival.

E foi em uma destas tentativas que quase abriu o placar. Aos 27 minutos, Robinho cobrou falta na cabeça de Vitor Hugo, que cabeceou forte e Cássio fez uma grande defesa. Ironicamente, coube ao zagueiro “entregar” em seguida um gol para o rival. Aos 32, ele recebeu passe de Fernando Prass e tentou devolver para o goleiro, mas tocou fraco. Petros foi esperto, ficou com a bola e tocou na saída do goleiro para Danilo abrir o placar.

O gol deixou os comandados de Oswaldo de Oliveira ainda mais perdidos e os palmeirenses pareciam contar os minutos para acabar o primeiro tempo. No intervalo, o técnico colocou Dudu no lugar de Maikon Leite e a mudança fez a equipe voltar um pouco mais equilibrada.

Cássio, aos 12 minutos, em um ato infantil, deixou o Corinthians em uma situação delicada. Após ter recebido cartão amarelo cinco minutos antes, por demorar para amarrar a chuteira, ele foi expulso, novamente por retardar o reinício de jogo.

Oswaldo de Oliveira, então, colocou Alan Patrick no lugar de Amaral e o goleiro Walter entrou no lugar de Guerrero. A partir dai, foi o Palmeiras atacando de qualquer jeito e o Corinthians levando perigo nos contra-ataques.

Foi assim que cada time teve uma boa chance de marcar. Aos 33 minutos, Mendoza entrou sozinho na área e bateu para a defesa de Fernando Prass. Dois minutos depois, Lucas é quem ficou cara a cara com Walter e o corintiano levou a melhor. E assim, o Palmeiras perdeu a segunda em casa e o Corinthians pôde saborear a vitória na casa do rival.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 0 x 1 CORINTHIANS

PALMEIRAS - Fernando Prass; Lucas, Tobio, Victor Hugo e Zé Roberto; Amaral (Alan Patrick), Gabriel, Allione (Rafael Marques) e Robinho; Maikon Leite (Dudu) e Leandro Pereira. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

CORINTHIANS - Cássio; Edilson, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros (Cristian) e Danilo; Mendoza (Luciano) e Guerrero (Walter). Técnico: Tite.

GOL - Danilo, aos 32 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Fernando Prass, Alan Patrick e Robinho (Palmeiras); Bruno Henrique (Corinthians).

CARTÃO VERMELHO - Cássio (Corinthians).

ÁRBITRO - Raphael Claus (Fifa).

RENDA - R$ 2.646.893,77.

PÚBLICO - 28.869 pagantes.

LOCAL - Estádio Allianz Parque, em São Paulo (SP).




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular