No Brinco, Guarani busca a 4ª vitória seguida


Numa rodada de confrontos entre os dez melhores, Bugre recebe a Matonense, nesta quarta-feira, às 20h30


10/02/2015 - 20h49 - Atualizado em 10/02/2015 - 21h57 | Carlos Rodrigues
carlos.rodrigues@rac.com.br



Foto: Elcio Alves/AAN
Adalgiso Pitbull agradou o técnico Marcelo Veiga e será mantido entre os titulares
Adalgiso Pitbull agradou o técnico Marcelo Veiga e será mantido entre os titulares
A quarta rodada da Série A2 do Campeonato Paulista acontece nesta quarta-feira (11) recheada de confrontos diretos. Coincidentemente, os dez primeiros colocados vão se enfrentar entre si e conseguir um bom resultado nessas condições vale muito.
 
Um dos integrantes desse grupo, o Guarani quer aproveitar a oportunidade e busca manter a boa fase contra a Matonense, às 20h30, no Brinco de Ouro. Vice-líder e com 100% de aproveitamento, o alviverde conta com o fato de poder atuar mais uma vez em casa para bater o adversário, que venceu pela primeira vez no torneio na última rodada e ocupa a 10ª posição.
 
O pensamento do Bugre é somar pontos cada vez mais. Por isso, o confronto contra um rival que tem a mesma ambição é considerado decisivo. "Temos sempre que fazer o resultado, independente do adversário, mas são os confrontos diretos que vão nos dar vantagem de chegar bem na briga por uma das quatro vagas", destaca o técnico Marcelo Veiga. "Tendo essa possibilidade de tirar pontos dos concorrentes, chegaremos com mais facilidade e moral lá na frente", completa o comandante.
 
Os jogadores seguem a mesma linha de raciocínio. "É importante vencer para ir acumulando uma gordura e, se a rodada favorecer e conseguirmos abrir vantagem dos adversários, melhor ainda. Mas precisamos estar bem atentos para fazer nosso dever de casa", orienta o volante Thiago Carpini. "Apesar de ainda estarmos com 100%, não ganhamos nada. Tem muito time na cola e precisamos pontuar", adverte o atacante Nunes.
 
As situações já vividas pela equipe no torneio servem de suporte para que o otimismo impere. Em três rodadas, o Guarani já superou o peso da estreia, mostrou força atuando fora de casa e apresentou poder de reação para virar uma partida.
 
"Cada jogo está sendo uma história e ela tem sido contada de maneira positiva para nós", afirma Veiga. "Ninguém mais do que a gente sabe da importância de estar na frente, principalmente num momento como esse. Quanto mais crescermos, a atenção dos adversários será maior e os jogos mais difíceis", alerta.
 
Para o terceiro jogo em casa em quatro rodadas, o comandante bugrino promoverá apenas uma alteração. O meia Fernandinho agradou por sua participação na última partida e ganha oportunidade entre os titulares na vaga de Watson. O atacante Malaquias, que seria escalado contra o Mirassol, mas foi vetado durante o aquecimento, perdeu espaço para Adalgiso Pitbull, que será mantido. Segundo Veiga, as opções são para manter a coerência. "É preciso dar regularidade. Não adianta o jogador ir bem e depois sair."
 
OS CONFRONTOS
 
Além de Guarani x Matonense, os outros confrontos diretos dessa rodada da Série A2 do Campeonato Paulista serão entre Rio Branco (1º) x Oeste (6º), Novorizontino (5º) x Atlético Sorocaba (8º), Ferroviária (4º) x Água Santa (9º) e Independente (7º) x São Caetano (3º).

LOJA OFICIAL
 
Segundo Caio Ramos, diretor de marketing do Guarani, o clube vai promover a reabertura da loja oficial até o fim de fevereiro, já com os uniformes confeccionados pela Joma. A expectativa é de que as peças já estejam à disposição do torcedor antes do jogo contra a Catanduvense, marcado para 1º de março.
 
HÁ 14 ANOS
 
A exemplo do Guarani, a Matonense também viveu uma grave crise nos últimos anos. Tanto que a equipe foi parar na quarta divisão do Campeonato Paulista, de onde saiu apenas em 2013. O último confronto entre os clubes aconteceu há 14 anos. Pela elite, empate por 0 a 0 no Brinco de Ouro. No retrospecto geral, são duas vitórias para cada lado, além de dois empates.

BOM AMBIENTE
 
Último a chegar do elenco, o meia Fernandinho atesta o bom ambiente do grupo. “Dá para perceber um grupo bem confiante e que faz com que a adaptação seja mais tranquila.”




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular