Contusão tira Lomba do Campeonato Paulista


Fratura em um dos ossos da costela deixará o goleiro da Macaca fora de combate por pelo menos dois meses


19/02/2015 - 20h37 - Atualizado em 19/02/2015 - 20h45 | Paulo Santana
santana@rac.com.br



Foto: Camila Moreira/AAN
O goleiro Marcelo Lomba enfrenta problemas clínicos desde antes do início do Campeonato Paulista
O goleiro Marcelo Lomba enfrenta problemas clínicos desde antes do início do Campeonato Paulista
O goleiro Marcelo Lomba está fora do Campeonato Paulista. Com a confirmação da fratura em um dos ossos da costela, nesta quinta-feira (19), o jogador precisará ficar pelo menos dois meses em tratamento e será substituído por João Carlos.
 
Contratado do Boa Esporte em dezembro, o novo goleiro só não foi inscrito antes por força do regulamento da Federação Paulista de Futebol que permitia apenas três goleiros na relação.
 
O problema com a camisa 1 vem atrapalhando a vida da Macaca neste começo de temporada. Lomba seria titular desde o início, mas se machucou antes mesmo de estrear. Matheus, que era o reserva imediato, também não entrou em campo na primeira rodada por causa de uma tendinite no joelho direito. Como João Carlos havia acabado de chegar ao clube e estava fora de forma, o prata da casa Reynaldo entrou e foi mal.
 
Com os três goleiros definidos já na primeira rodada, João Carlos, de 26 anos, ficou fora da lista. Mas no que depender da situação dos concorrentes atuais, poderá ganhar uma oportunidade em breve. Isso porque Reynaldo perdeu espaço e Matheus vem jogando com limitações. Tanto que sequer tem batido os tiros de metas da equipe.
 
Dependendo da evolução de Matheus entre sexta-feira (20) e sábado (21), o paranaense de 26 anos poderá fazer sua estreia já na partida de domingo (22), em casa, às 18h30, contra o São Benardo, pela 6ª rodada. Revelado na base do Atlético-PR, João Carlos passou pela Seleção Sub-17, Ipatinga, Atlético-GO, Fortaleza e Nacional-MG.

DORES
 
A lesão que tira Lomba do Paulistão é uma microfratura do quinto arco costal (região lombar). "Por conta do quadro clínico, ele sente dor principalmente ao levantar e rotacionar o braço", informou o chefe do departamento médico da Ponte, Roberto Nishimura. "A primeira lesão foi uma pequena fissura. Após três semanas de tratamento houve a formação do calo ósseo e, por isso, o liberamos para o jogo. Tanto que treinou normalmente no final de semana", explica Nishimura.
 
A nova lesão foi sentida durante o aquecimento para o treino da última segunda-feira (9). Após uma rápida avaliação no clube, o atleta foi levado a um hospital da cidade com suspeita de fratura. Nesta quinta, os resultados dos exames confirmaram o pior diagnóstico.
 
O médico da Ponte garante que a nova contusão não tem relação com a fratura no mesmo local — quinto arco costal — sofrida por Lomba em 2012, ainda no Bahia. "Desta vez, foi do lado esquerdo. Naquele ano, foi no lado direito", conta.
 
WANDERSON FORA
 
A lesão de Marcelo Lomba não foi a única notícia ruim, nesta quinta, no Majestoso. O clube recebeu, no final da tarde, a notificação da Justiça que determina o cancelamento do contrato de empréstimo do atacante Wanderson e sua devolução imediata ao ASA-AL. Em nota, a Macaca informou que vai acatar a decisão e deve ainda pedir a inscrição de outro jogador para a sequência do Paulistão.
 
A decisão veio da 1ª Vara Cível de Criciúma e marca o desenrolar de uma ação movida pelo empresário Acionir Barreto contra o clube alagoano. Ex-representante do atleta, ele ainda é dono de 60% dos direitos federativos, enquanto o ASA tem 40%. O ex-agente do jogador alega que os dirigentes alagoanos agiram de má fé quando emprestaram Wanderson para a Ponte até 14 de maio, um dia antes do fim do contrato vigente. Depois disso, o jogador ficaria livre para definir seu futuro.
 
Barreto queria a ampliação do acordo. Na ação, apresentou notas da imprensa citando valores envolvidos na negociação. Ponte e ASA garantem, no entanto, que o empréstimo foi gratuito.
 
COPA DO BRASIL
 
Como integrante do Grupo 2 na divisão de cotas, a Ponte terá direito a R$ 350 mil pelos dois jogos com o Vilhena-RO na 1ª fase. Se passar, ganhará R$ 420 mil. A partir daí, terá direito a premiação igual aos grandes clubes: R$ 560 mil (3ª fase), R$ 690 mil (oitavas), R$ 820 mil (quartas), R$ 1 milhão (semifinais), R$ 2 milhões (vice) e R$ 4 milhões (campeão).

VIP
 
Por conta de atraso nos pagamentos de antigos TC10+, a Ponte abriu 200 vagas no setor Vip (arquibancada coberta) do Majestoso. O preço da mensalidade é R$ 60,00 e dá direito de assistir aos jogos sem pagar ingresso.




cadastre-se e continue lendo
Este é o seu 5º acesso ao site do Correio Popular
neste mês. Para dar continuidade a suas leituras,
cadastre-se gratuitamente agora. É fácil e rápido,
basta clicar em "quero me cadastrar". Ou se preferir,
faça a sua assinatura e garanta seu acesso sem
restrições.

cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
cadastre-se e continue lendo
Saiba mais.
Cadastre-se e continue tendo acesso ao melhor
e mais completo contéudo da RMC.
* NOME:
* SOBRENOME:
* E-MAIL:
TELEFONE:
CIDADE:
* SENHA:
* REPETIR SENHA:

* Campos obrigatórios


É importante que os dados a seguir sejam verdadeiros, pois antes de continuar a leitura
você deverá confirmar o cadastro através de um link que enviaremos no endereço de e-mail
preenchido. Sem essa confirmação você não conseguirá seguir a leitura. Caso tenha conta
no facebook basta clicar "cadastre-se com o facebook"

Quero receber notícias e comunicações do Correio Popular