Friaça

Nome completo: Albino Friaça Cardoso
Data e local de nascimento: 20/10/24, em Porciúncula, no Rio de Janeiro.
Jogou no São Paulo de 1949 a 1951

Friaça foi contratado em 1949 e logo no primeiro ano de São Paulo foi artilheiro do campeonato paulista, quando o Tricolor faturou o título. Era jogador de altíssimo nível, tanto que foi titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1950. Friaça tinha um chute muito forte, batia falta com maestria. Ele veio do Vasco, que se arrependeu de tê-lo vendido e conseguiu comprá-lo de volta no começo de 1951,


Renganeschi

Nome completo: Armando Federico Renganeschi
Data e local de nascimento: 10/05/1913, em Buenos Aires, Argentina
Jogou no São Paulo de 1944 até 1948

Renganeschi consagrou-se como ídolo do São Paulo por ser um zagueiro clássico e extremanente raçudo. Foi dele o gol da vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0 que deu ao Tricolor o título de 1946. Detalhe: ele jogou machucado. Pelo São Paulo, Renganeschi também faturou o Paulista de 45 e 48. No Morumbi, foi ainda técnico das divisões menores em 50 e 51 e treinador dos profissionais em 58.


Gerson

Nome completo: Gerson de Oliveira Nunes
Data e local de nascimento: 11/01/1941, em Niterói, RJ
Jogou no São Paulo: 1969 e 1972

Gerson não foi ídolo apenas no São Paulo, em todas as equipes pelas quais jogou, incluindo a seleção de 70, considerada a mais perfeitas de todas as campeãs do mundo. Ajudou o Tricolor a conquistar os títulos paulistas de 70 e 71, marcantes porque vieram depois de 13 anos de jejum. Por causa dos lançamentos milimétricos que fazia a mais de 40 metros, seu apelido era Canhotinha de Ouro.


Bellini

Nome completo: Hideraldo Luiz Bellini
Local e data de nascimento: 21/06/1930, em Itapira, SP.
Jogou no São Paulo de 1962 a 1968

Outro ídolo do futebol brasileiro que vestiu a camisa do São Paulo foi o zagueiro Bellini, famoso por ter sido capitão da Seleção Brasileira na copa do Mundo de 58. Bellini atuou no Tricolor numa época ruim de títulos, visto que o clube se voltava para a construção do Estádio do Morumbi, mesmo assim conquistou o carinho e reconhecimento dos torcedores do Tricolor.


Cafu

Nome completa: Marcos Evangelista de Moraes
Data e local de nascimento: 07/06/70, em São Paulo, SP
Jogou no São Paulo de 1988 a 1995

Cafu está entre os jogadores mais carismáticos que o futebol brasileiro já teve. Famoso pela atuação na Seleção Brasileira – ele, assim como Pelé, participou de três finais da Copa do Mundo, com dois títulos para o Brasil (em 1994 e 2002) – fez história também no Tricolor, sendo o lateral que mais marcou gols pela equipe (foram 40 segundo o site do Tricolor). Além disso, esteve com o São Paulo nas conquistas do Paulista de 91 e 92, do Brasileiro de 91, da Libertadores de 92 e 93, do Mundial Interclubes de 92 e 93, da Supercopa e da Recopa sulamericana de 93 e da Recopa sulamericana de 94. Jogou também no Zaragoza, Palmeiras e Roma.


Leônidas

Nome completo: Leônidas da Silva
Data e local de nascimento: 06/09/13, no Rio de Janeiro, RJ
Jogou no clube: 1942 a 1951

Nos anos 30 e 40, Leônidas era nome obrigatório ao se falar dos melhores do mundo. Tanto era boa que atribuísse a ele a criação do gol de bicicleta. Leônidas chegou ao São Paulo após defender o Flamengo e na transação mais cara da história do futebol sul-americano até então. Sua contratação é considerada marco da consolidação do SPFC como time “grande”. Com Leônidas, o Tricolor ganhou cinco campeonatos paulistas (43; 45;46;48 e 49) em sete anos. O craque ainda acumulou apelidos como Homem de Borracha e Diamante Negro – este acabou virando chocolate. Disputou pelo Brasil as Copas de 34 e 38.


Mauro

Nome completo: Mauro Ramos de Oliveira
Data e local de nascimento: 30/08/1930, em Poços de Caldas, MG.
Jogou no São Paulo: de 1948 a 1960.

Com a seleção brasileira, o zagueiro Mauro foi campeão sul-americano em 49 e da Copa do Mundo de 58 e 62. É apontado como um dos zagueiros mais talentosos do futebol brasil, além de ser um grande cabeceador. Capitão do São Paulo, participou da conquista dos títulos estaduais em 48, 49, 53 e 57.


Rogério Ceni

Nome completo: Rogério Ceni.
Data e local de nascimento: 22/01/1973, em Patro Branco, PR.
Joga no São Paulo desde 1990.

Rogério Ceni ainda joga no São Paulo, mas já provou que merece seu lugar na trajetória do time. É o jogador que mais vestiu a camisa da Tricolor, quebrando o antigo recorde de 617 de Valdir Perez. Além disso, Ceni marcou 83 gols nas 857 partidas que fez até hoje, sendo conhecido mundialmente pela fama de goleiro-artilheiro. É o principal ídolo da equipe são-paulina da última década e suas defesas certeiras ajudaram a transformar o São Paulo em clube-modelo.


Sérgio

Nome completo: Sérgio Wagner Valentin
Local e data de nascimento: 22/05/45, em Chavantes, SP.
Jogou no São Paulo de 1966 a 1975

O goleiro Sérgio ajudou o São Paulo a quebrar o jejum de títulos. Quando chegou ao tricolor, o time acumulava 13 anos sem títulos – já que o clube vinha investindo na construção do Morumbi. Chamado "São Sérgio", o atleta revelado nas categorias de base ajudou o time a ser campeão Paulista em 1970 e 1971. Sérgio jogou também no São José, Paulista, Taubaté e Corinthians.